Vasos em cerâmica


21 % OFF

Vaso de cerâmica com acabamento laqueado (laca chinesa), fundo mostarda e pintura à mão (18 x 18 x 25 cm)

R$448,46

R$355,00

Entregas para o CEP:

Meios de envio

Compartilhar:

Vaso de cerâmica com acabamento laqueado (laca chinesa), fundo mostarda e pintura à mão de dois macacos tocando bandolim.

 

Existem dois tipos de laca, a vegetal, produzida a partir da resina da Rhus verniciflua, originária da China e a animal, produto do insecto Coccus lacca, Kerr, proveniente de Pegu, Myanmar.

 

Na China, a laca, lacre ou charão, em mandarim shengqi, é produzida a partir da resina da Rhus verniciflua, ou Árvore da Laca, sendo sobretudo Yunnan, Guizhou, o Leste de Sichuan, a parte Oeste de Hubei e Shaanxi, as cinco províncias chinesas onde se consegue mais abundância desta goma. A árvore começa a produzi-la entre o terceiro e o quinto ano após plantada, mas só no sétimo é de qualidade para ser usada no lacar de objetos, variando a idade de produção entre os 50 e 70 anos. De 21 de Maio a 8 de setembro é o período do ano em que se faz a extração, sendo a melhor recolhida entre junho e julho e por dia, de cada árvore, pode-se retirar entre dois a três quilogramas.

 

À laca preparada para trabalhar, dá-se-lhe o nome em mandarim de jingzhiqi e é o melhor dos vernizes, tendo um  número de aplicações. Usa-se a madeira, gesso, metais e tecidos, como suporte para aplicar o verniz, camada sobre camada, revestindo assim esses materiais. A quantidade de camadas varia entre pelo menos três, até à centena, o que cria uma espessura considerável aos objetos lacados. Após a aplicação de uma camada, tem esta de ficar seca para se voltar a dar uma nova camada, exigindo por isso um ambiente com uma certa humidade (entre 70 a 80 por cento) para lentamente (de horas a alguns dias), sob a influência da lactase, endurecer e se combinar com as camadas anteriores. Na maior parte dos trabalhos, após as camadas de laca ficarem bem secas e endurecerem, a base é-lhe retirada.

 

Os objetos lacados são à prova de humidade, resistentes ao calor e às soluções alcalinas e ácidas, sendo as cores e lustro altamente duráveis. Usada como verniz para proteger e decorar, após solidificar serve para nela se esculpir com a ajuda de uma faca bem afiada.

 

Desde há pelo menos 8000 anos que se faz uso da laca, como se pode constatar pelos achados na província de Zhejiang, na Cultura Kuahuqiao e mil anos depois em Hemudu, assim como também na Cultura Liangzhu de há 5300 anos. Em Wujiang, província de Jiangsu, foram desenterrados objetos de barro preto pintados a laca, estando intactos uma chávena e um pote.

 

O soberano Yao (2357-2258 a.C.) usava recipientes protegidos por laca preta para comer e no período de DaYü (o primeiro Imperador Xia) havia utensílios para uso em rituais, lacados por fora com cor preta e por dentro de cor vermelha.

 

Antes da invenção da tinta já se utilizava a laca para escrever, como se comprova pelas vinte e oito varas de bambu retiradas de um túmulo em Xinyang, Henan, do Período dos Reinos Combatentes.

 

CARACTERÍSTICAS

Material: Cerâmica
Técnica: Pintura à mão
Acabamento: Laqueado
Cor: Fundo mostarda com pintura à mão de 2 macacos tocando bandolim.
Peso Líquido: 1,7 kg
Largura: 18 cm
Altura: 25 cm
Comprimento: 18 cm